A importância da participação da família no processo terapêutico infantil

A família pode ser definida como um conjunto de pessoas que se encontram ligadas por laços afetivos, que têm objetivos em comum e um funcionamento específico. Durante a prática clínica com crianças e adolescentes, compreendemos a importância do envolvimento, nomeadamente dos pais e/ou responsáveis legais, para alcançar os objetivos terapêuticos pretendidos. O papel dos pais…