Hipoterapia

19 20 pub entrada - hipoterapia.pngO cavalo a passo produz cerca de 60 a 75 movimentos tridimensionais por minuto que são equivalentes aos da marcha humana neurofisiologicamente normal. A fisionomia do seu dorso proporciona um correto posicionamento sentado, que por sua vez proporciona ao Sistema Nervoso Central um grande aporte de estímulos sensoriais.

Esta atividade juntamente com o ambiente que a rodeia tornam o cavalo num agente facilitador, capaz de:

  • Alterar a resposta do Sistema Nervoso Central, facilitando padrões de postura e movimento mais normalizantes.
  • Promover vivências fundamentais para o desenvolvimento de competências Motoras, Cognitivas, Comunicativas e Psicossociais.

Os principais benefícios são:

  • Melhoria na mobilidade articular, no equilíbrio e na coordenação;
  • Normalização do tónus muscular,
  • Aumento da tonificação muscular;
  • Aumento da auto-confiança, desenvolvimento da auto-estima;
  • Melhorias na aprendizagem, concentração e orientação espacial;
  • Motivação para definir e atingir objetivos;

A quem se destina?

De uma forma geral, listamos alguns exemplos de situações/patologias que podem usufruir desta terapêutica:

  • Atraso no desenvolvimento
  • Dificuldades de aprendizagem
  • Alterações do comportamento
  • Défice sensorial
  • Défice cognitivo
  • Paralisia Cerebral
  • Acidente Vascular Cerebral
  • Perturbações do Espectro Autista

Abaixo apresentamos um testemunho real dos benefícios da Hipoterapia.
O vídeo é em Inglês (infelizmente não tem legendas disponíveis) e um pouco longo (9 min.), mas, merece ser visto.

(em construção…)